Tô viva!

Ma oeeee olha quem apareceu!

Quem me segue na Fan page (clicaqui) sabe que estou fodidinha de job. Aqui na agência estamos com uma campanha nova de um cliente novo aí já viu, né? Mas vim aqui atualizar você da minha humilde vidinha.

Primeiro vamos falar de alimentação. Vejo muita gente ainda comentando no meu post sobre tipos de dieta onde eu disse que não seguiria determinadas dietas por falta de informação (que eu não fui atrás) e porque eu prezo a reeducação alimentar. Até rolou um preconceito da minha parte em comer gordura e até mesmo com as pessoas que seguem o estilo de vida Low Carbo Hight Fat (LCHF), mas porque todas as pessoas com quem conversei e fui pedir dicas agiam como primatas, como homem das cavernas no quesito educação. Aí que decidi seguir alguns Instagrans e grupos sobre isso. De vez em quando olhava algumas dicas e alguns blogs mas nada me convencia. Aí li um livro sobre alimentação natural cortando principalmente o trigo. O livro se chama Ano novo, corpo novo e tem pra baixar na Internet, procuraê. Decidi que iria cortar trigo e diminuir carboidratos, mas de onde eu tiraria energia para academia, patinação, trabalho, viver? Pesquisei muuuito e todas as pesquisas me levavam a comer gordura boa! Fiquei convencida de que fazia bem exatamente porque minha nutricionista esportiva passou um cardápio há um tempo atrás onde o carboidrato tinha restrições e tinha um aumento de gordura como abacate e oleaginosas. Decidi fazer o teste já que este ano uma das minhas metas era ficar 1 mês fazendo uma dieta da moda. Acho que a falta de informação e até mesmo a tentativa de lavagem cerebral de quem segue determinada dieta acaba espantando curiosos e pior: fazendo mal à quem tem preguiça de pesquisar, achando que bacon é super saudável. EU NÃO COMO BACON! O que mudou na minha alimentação? Parei de comer aveia, farinha, arroz e açúcar. Totalmente. Passei a comer todo tipo de carne, incluindo costela, coxa de frango e peixes mais gordinhos como salmão. Como mais verduras como espinafre, couve, almeirão e brócolis. Como salada com tomate, alface, rúcula, beterraba, cebola e azeitona. Adotei gorduras boas como coco, azeite, abacate, castanha do pará e amêndoas. Passei a comer mais ovo e alguns queijos. Parei de beber álcool e isso é sério! Só neste ano vários bares deixaram de lucrar comigo e com minha garrafinha de água. NÃO EXTERMINEI CARBOIDRATO. Eu tenho uma vida muito ativa, não sexualmente infelizmente FUEN, então o carboidrato é parte essencial para me manter em pé e disposta, mas não tiro carboidratos do pão integral, tiro da batata doce, mandioca e banana depois do treino.

Com este tipo de alimentação eu tenho muitos benefícios como a perda da compulsão alimentar, principalmente por doces, a boa concentração e a disposição.

Eu tento equilibrar o saudável e o essencial, não saio comendo carne adoidada mesmo porque a gordura animal faz mal sim se consumida mais do que deve. Meu prato consiste em muita salada e verdura, um pouco de proteína e um pouco de gordura. E por enquanto estamos nos dando muito bem! Neste ano minha cintura já afinou muito e meu peso diminuiu. A equação é simples: Gordura + Proteína = Uhuuul dá certo. Gordura + Carboidrato = Fodeu, vai engordar. Carboidrato + Proteína = Reveja seus objetivos e sua saúde.

Não, eu não sou especialista. Não, eu não defendo dietas e estilos de vida. Não, eu não sei afundo o que estou dizendo. Então, você, trata de pesquisar muuuito antes de fazer qualquer coisa da sua vida hahaha. Eu não sou a favor de cortar nenhum grupo de alimentos da dieta, sou a favor de equilibrar tudo e com saúde. O que conto aqui é minha experiência pessoal. Como eu disse no outro post, todas as dietas podem te emagrecer, mas primeiro de tudo vem a saúde e o bem-estar. Veja o que é bom para você. Como emagreci 22 quilos com reeducação alimentar, resolvi reeducar mais uma vez e adaptar meu corpo para perder as gordurinhas que ainda restam. E eu nunca estive tão focada com alimentação.

Sobre os exercícios, patins tá firme e forte, treino quase todas as noites e academia todas as manhãs. No slalom aprendi manobras novas e que agora estou conseguindo executar bem. E neste domingo que passou fiz Stand Up Paddle de novo e com as amigas Paloma e Pamela. A Pamela – irmã da Paloma – só conhecia pela Internet, ela já emagreceu muuuito também e pratica patinação, mas é Roller Derby.

Para terminar o post, algumas fotos do SUP com a Rema Forte:

Linda foto <3

Linda foto <3

1606974_649988705065886_475431223_n

 

 

Author: Luana Fernandes

Share This Post On
468 ad

5 Comments

  1. Meninaaaa, o mesmo aconteceu comigo sobre o contato com as pessoas que fazem esse tipo de dieta. Oh gente afetada!

  2. nada como não ter preguiça de buscar informação!
    Beijo!

  3. Menina, fui uma vez a um endócrino e ele me passou uma dieta totalmente restrita em carboidratos a partir das 10h da manhã. Então, tipo, perguntei a ele se eu quisesse comer 20 pães até às 10h tava valendo. Ele riu e disse que se eu conseguisse… Enfim, fiz por três meses e realmente dá uma secada valendo, principalmente na barriga… o problema é que eu não consegui aguentar muito tempo assim. Agora estou tentando reduzi-los bastante, mas de forma que eu também não perca minha vida social (liberar um pouco em aniversários, jantares em restaurantes, etc.). Acho interessante fazer (não com radicalismo, é claro) alguns testes alimentares na gente (com muita pesquisa) e ver onde a gente se encaixa!!! Ainda estou perdida nesse mundo!! rsrsrs Beijinhos

  4. éééé…….. papo tá muito legaaaaal, muito bom, maaaaaaas .. e o pic nic ? HAHAHAHAHAHA

    beeeeijo pitchaaaaanga ;*

  5. Fiquei curiosa, nessa dieta qual eh o seu cardapio: tipow cafe da manha e lanches no intervalo.

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *