E quando o foco na dieta some?

Olar!

Hoje vai ser mais um post da série vou abrir meu coração pra ver se diminui um pouco a culpa de eu não estar seguindo direitinho a dieta.

 Sabe aquela fase quando o foco na dieta some?

Você tá lá comendo saladinha, grelhado, evitando doce, fritura, álcool e aí paah

SbxbQcD0do nada você ataca o pastel, o brigadeiro e a Coca-Cola.

TCHARAAAAAM! Estou numa semana exatamente assim. O que fazer? Como viver? Como reagir? Qual chocolate escolher?

Quem me acompanha sabe que desde a metade de 2014, quando fiquei desempregada, quando comecei a namorar e bla bla bla, venho lutando com minha compulsão alimentar, vida social engordativa,  ansiedade e os quilos a mais que ganhei e não saem de mim. Eu não quero aqui ficar me lamentando, mesmo porque isso não vai eliminar do meu corpo o McFlurry trufado que comi ontem (e olha que esta semana não foi só um McFlurry trufado), mas decidi fazer este post na bad mesmo pra mostrar que sou uma pessoa normal, com altos e baixos e que não sou um robozinho que acorda fazendo abdominal.

Costumo dizer que 75% do tempo eu estou focada, mas os outros 25% conseguem anular os 75%. É real! Tem hora que a dieta simplesmente não vai pra frente, que eu simplesmente não tenho vontade de ir no mercado, cozinhar marmita, guardar tudo, lavar toda a louça, acordar cedo, malhar, chegar do trabalho cansada, pegar o carro e ir patinar no Ibirapuera. Fora as coisas que acontecem tipo: esta semana resolvi ficar gripada, menstruada e ainda exagerei numa despedida de solteira no fim de semana. Conclusão: semana toda esperando o mundo acabar em barranco pra morrer deitada.

E o que eu faço nessas horas? Me permito. Tem vezes que me pergunto cadê aquela Luana de 2012/ 2013 que emagreceu 22 quilos direto, sem recaídas? Claro que de lá pra cá já se passaram mais de 3 anos e neste tempo muita coisa mudou, inclusive meu metabolismo, afinal já estou com quase 30! Mas ainda tenho muito daquela Luana de 2013, ainda como muito bem, me exercito todos os dias, tenho disposição, me cuido…

O que me deixa mais triste é viver num impasse. Hora eu penso: Poxa, vou viver a vida inteira me privando, de dieta, dizendo “não”? Outra hora penso: CACETE DE TAMANHO DE BRAÇO ROLIÇO… e essa calça jeans me estrangulando?

O que eu faço atualmente é não me cobrar tanto. Comi um McFlurry trufado? Paciência. Comeria outro agora mesmo? SIM! Não, claro que não! =X Mas o jeito é este… eu não estou afim, eu simplesmente não me forço. A diferença é que eu aprendi a voltar ao foco muito mais rápido, porque minha burrice sempre foi – inclusive desta última vez que engordei – largar mão pra sempre e virar uma bola de neve. Se eu fosse na onda da cabeça de gorda aqui, eu não passaria na porta. Juro!

Concluindo: Tá na bad? Tente ser o mais forte possível, mas não se cobre tanto e volte aos trilhos o mais rápido possível.

Hoje vou no mercado, fazer marmitas e comprar meio quilo de vontade de viver. Alguém sabe onde vende?

Author: Luana Fernandes

Share This Post On
468 ad

7 Comments

  1. hahahaha
    adoooro tua sinceridade Lu!
    Se tu achar, compra uns 1kg pra mim, se tiver força de vontade compra 10kg e me manda por Sedex.
    Bjo

  2. Oi Lu!!
    Conheci seu site a pouco tempo através do YouTube, quando procurava ajuda pra escolher meu patins. Estou prestes a completar 29 anos e TODAS as vezes que leio algo que vc escreveu tenho a impressão de que está falando da minha vida ao invés da sua de tão parecida rsrsr. No momento minha maior dificuldade tem sido resistir às tentações, Vou muito bem num dia e no outro quero me entupir de comer guloseima, frituras e afins. Quando comecei a namorar ficou pior, na minha cidade as opções de diversão para casais giram em torno de comer e beber. Dias como o de hj me fazem sentir incompetente, Mas sei que faz parte do processo. Eu ja visto 40, peso 67,8 no momento, Mas quero voltar aos 60. Obrigada por dividir conosco suas experiências!!

  3. Ai Lu, adoro seus posts pq tu é super vida real e gente da gente… Lendo o post me vi exatamente no dia de hoje, segui tudo direitinho e no fim das contas me joguei na Mc fritas média, paciência. Eu não consegui dizer Não! Amanhã volto pro foco, devagar e sempre; as vezes a gente cai, mas levanta e continua. Beijo!

  4. Olá Luana!! Acho que a maioria de nós é assim mesmo… Altos e Baixos… o que me irrita é estar sempre em semanas de privação, sofrendo e por causa de uma semana jacando colocar tudo perder… ou seja, dá impressão que nunca vou sair disso: muita privação (a maior parte do tempo) e nunca emagrecer!! Mas sei que a culpa é toda daqueles diazinhos de jacadas, infelizmente!!! Não sei se vc tem vontade, mas poderia atualizar mais o blog com pesagem e tal, pq talvez assim te desse mais ânimo para seguir firme, o que acha?

    Bjo

  5. OI, Rafa! Então, eu queria voltar com a tabela de pesos e medidas, o problema é este meu vai e volta… ou seja, não adianta nada postar a tabela e não incentivar ngm pq o peso estea estacionado =/

  6. Ah Isabela isso de sair e girar em torno de comida e bebida é o problema de todas nós… Dificil fazer dieta e ter vida social, mas eu sou safada neste ponto porque nenhum amigo meu me cobra se eu saio com e como salada e bebo limonada, todos sabem da minha luta com a balança e me incentivam… EU que as vezes tô com a bruxa gorda solta e faço escolhas erradas =/

  7. Hahahahahaha podia vender, né? E em forma de chocolate =P

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *